quarta-feira, 7 de julho de 2010

Reflexão... [2]

Pra quem leu a postagem anterior e também para quem não leu, vai mais uma música de Oswaldo Montenegro que me fez pensar bastante, segue a letra:

Oswaldo Montenegro - Metade

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio

Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
Mas a outra metade é silêncio.

Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas
Como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço
Que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que eu penso mas a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.

Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso
Que eu me lembro ter dado na infância
Por que metade de mim é a lembrança do que fui
A outra metade eu não sei.

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
Pra me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Porque metade de mim é platéia
E a outra metade é canção.

E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade também.


Obs: pra quem quiser acompanhar a música com o áudio, segue o link com o vídeo e letra: http://letras.terra.com.br/oswaldo-montenegro/72954/



24 comentários:

  1. Aaah, achei que só eu gostasse de Oswaldo Montegro .. Amo essa música *.*

    -Amei o blog e post.
    Seguidora;;

    Passa lá no meu blog ;*

    ResponderExcluir
  2. Eu enxerguei uma relação forte com o tal "homem barroco", nestes versos!

    ResponderExcluir
  3. adoroooo esse texto do oswald.. perfeito

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito dessa música. A letra da canção é boa pra ser escutada e para pensar.

    ResponderExcluir
  5. Ah, adoro especialmente esta musica ! :]

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Osvaldo Montenegro é um grande compositor realmente.admiro ele por isso

    ResponderExcluir
  8. Gosto desse cara, assim , vou com a cara dele, mas não gosto dos sons dele naum - menos um que fala de um pescador...

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  9. Ôpa! Mais reflexão por encomenda? Vc devia aprender com o Lobão: "Uma noite ela me disse, quero reflexionar. Como quem pede desculpas pra si mesmo. A reflexão não tem nada a ver com a vontade..."

    ResponderExcluir
  10. Curto Oswaldo assim pra leitura,contudo,as melodias me deixam melancólica.Segue lá meu blog.

    ResponderExcluir
  11. Sou apaixonado com essa música!
    Lindissima!

    ResponderExcluir
  12. Nunca tinha ouvido, mas gostei *-*
    Muito bonita e representa muita coisa, parabéns pelo blog :}

    ResponderExcluir
  13. Linda,exepcional e muito reflexiva!!!!!

    ResponderExcluir
  14. Aaah eu AMO essa letra, ela é muito perfeita *_*

    ResponderExcluir
  15. adorei o blog, ja vou segui ele, quando de da uma olhada no meu ta ok! http://henrique199.blogspot.com/ !

    ResponderExcluir
  16. ''Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável''

    Não conhecia, adorei.

    ResponderExcluir
  17. Amo este texto.
    Usamos ele uma vez em uma peça de teatro.
    parabéns pelo blog.
    beijos.
    http://www.desnecessarioporemvalido.blogspot.com/

    ResponderExcluir